...

Ação Missionária – Junho 2024

Gabão e Congo Brazaville: Os Missionários do Espírito Santo chegaram ao Gabão em 1844 e ao Congo Brazzaville em 1865. As Igrejas destes países sentem-se filhas dos Espiritanos. Não é então de estranhar que as Comunidades Espiritanas estejam vivas em quase todas as Dioceses gabonesas e congolesas. Aqui, nestas paragens equatoriais africanas, se escrevem páginas significativas da história da Igreja e da Missão, como conta o P. Tony Neves.

Para quem sou eu?

Entre 14 e 21 de Abril, decorre a semana de Oração pelas Vocações. Assinalar a data não é só dar importância ao assunto, não é só reforçar a necessidade da oração para esta causa, mas é sobretudo um alerta e um despertar para a realidade das vocações na vida da Igreja e na vida de cada discípulo de Jesus, no contexto global do projeto de Deus.

Ação Missionária – Março 2024

Marcas fortes deste país ‘verde-amarelo’: “Dois meses neste grande Brasil ‘verde-amarelo’ imprimiram em mim marcas fortes… vivi em diversas favelas e outros bairros periféricos, tendo a alegria de dar um salto à Ilha de Guarujá, ali ao lado da Cidade de Santos e do primeiro Município do País, São Vicente. Foram dias felizes, apesar do calor intenso e das tempestades frequentes nesta época do ano, quando acontece o Natal, o Ano Novo e se aguarda e prepara o Carnaval.” (O P. Tony Neves faz o rescaldo da sua longa e intensa visita ao Brasil)

Ação Missionária – Fevereiro 2024

Missão nas terras escaldantes do Alto Juruá: A Catedral de Nossa Senhora da Glória domina a linha do horizonte da Cidade do Cruzeiro do Sul, no Acre Amazónico que confina com o Peru e a Bolívia. O P. Donnadieu foi o primeiro missionário Espiritano a instalar-se no Cruzeiro do Sul, em 1917, vindo de Tefé, nas margens do Rio Solimões.
O P. Tony Neves passou o Natal com os missionários espiritanos e o povo com quem trabalham. Com a ajuda do P. Herbert Douteil, alemão de 88 anos, entrou na história daquela terra e daquele povo e partilha a experiência connosco.

Ação Missionária – Janeiro 2024

“Inteligências Artificiais e Paz” foi o tema escolhido pelo Papa Francisco para a mensagem para o Dia Mundial da Paz de 2024. Nela, Francisco pede “um diálogo aberto sobre o significado dessas novas tecnologias” e de se trabalhar de “forma responsável” ao se produzir e usar esses dispositivos para estar “a serviço da humanidade e pela proteção da casa comum”.