Missionário do Espírito Santo a trabalhar em Portugal.

A medida alta

Desde o “crescer na caridade” para desbravar caminhos de misericórdia, passando pelo arrotear as montanhas do nosso orgulho e autossuficiência, pelo endireitar as curvas da acomodação, do arranjismo e do oportunismo, pelo não cair na tentação do mais fácil, mais agradável e a pronto, até o procurar sempre o melhor, eis o longo caminho a ser percorrido por cada um de nós.

Aprouve ao Senhor

Só fazendo nossa a lógica do Evangelho é que nós, como Cristo e com Ele, poderemos ser missionários, pois “aqui reside o segredo da fecundidade apostólica da ação missionária” (Bento XVI). E esta forma de ser missionário está ao alcance de todos nós, já que sofrimentos não nos faltam. Precisamos apenas de saber transformá-los, pelo amor, em fonte de vida e de redenção.

As medidas do coração

A mensagem que a Palavra do Senhor deste domingo nos quer transmitir pode condensar-se à volta da figura daquele homem que, sendo rico, respeitado e respeitador; que desde a sua juventude era praticante e bom cumpridor e, seguramente, também generoso nos seus donativos para com as obras da sinagoga, veio inesperadamente perguntar a Jesus que mais precisava de fazer para alcançar a vida eterna.