Comunidade de Lisboa

A Comunidade Espiritana da Estrela abriu as portas em 1904 para ser Procuradoria das Missões. Hoje é a Casa Provincial, Procuradoria das Missões, sede da Animação Missionária, Redação do jornal e outra editorial, Centro de apoio a emigrantes (CEPAC), sede da Sol Sem Fronteiras, Jovens Sem Fronteiras, Voluntariado Espiritano... muitas valências, para além do serviço pastoral que os 13 membros desta comunidade vão prestando.

Uma Missão muito plural…

Aberta em 1904, foi a única casa espiritana que resistiu aos furores da revolução republicana de 1910. Hoje é centro de animação e administração de vários setores da Província Portuguesa dos Espiritanos.

Para conhecer melhor a história da presença espiritana na casa de Santo Amaro à Estrela, leia na História da Província Portuguesa, pelo P. Torres Neiva. (clique sobre o livro)