Alegres na Esperança

150 anos de Missão em Portugal

Ver álbum

Em Portugal desde 1867

A primeira comunidade da Congregação em Portugal é inaugurada, em Santarém, a 3 de Novembro de 1867. É formada por dois Padres e dois estudantes franceses. Com esta casa pretendia-se a formação de missionários para Angola. Por vários motivos, abandona-se o seminário de Santarém e assume-se uma nova obra em Gibraltar. Em 1872, por não corresponder aos seus objectivos, abandona-se o Colégio de Gibraltar e funda-se uma nova comunidade em Braga. Aos poucos a Província vai-se desenvolvendo e novas comunidades surgem: Sintra, Lisboa, Ponta Delgada. Só em 1901 é que a Congregação é oficialmente aprovada em Portugal, com sede em Lisboa. 

Em 1910, com a proclamação da República, dá-se a supressão e expropriação dos bens de todas as Congregações religiosas. Todas as nossas casas foram espoliadas, excepto a da Procuradoria das Missões, em Lisboa. Muitos procuram refúgio em Zamora, onde se abre uma escola apostólica.

Em 1919, o P. Moisés Alves de Pinho é nomeado Provincial de Portugal e encarregado de restaurar a Província Portuguesa. Esta magnífica obra de restauração terá Braga como ponto de partida. A 2 de Fevereiro de 1921, é erecta canonicamente a Província de Portugal.

Será uma fase de progressiva expansão e de surgimento de novas vocações e comunidades: Viana do Castelo, Régua, Porto, Silva (Barcelos), Coimbra, Torre d'Aguilha (S. Domingos de Rana)...

Fruto do desenvolvimento da Província Portuguesa e do trabalho de vários Padres e Irmãos de Portugal surgirá, em 1969, a Província de Espanha. Alguns anos mais tarde, 1982, é fundado no Brasil o distrito de Brasil Sudeste, formado por confrades de origem portuguesa.

'A Palavra' do P. Veríssimo Teles

O livro do P. Veríssimo Teles foi apresentado na Abóboda, em Cascais. Contém uma colectânea de textos publicados pelo autor durante mais de 20 anos.

Missão no Baixo Alentejo

Mértola é a mais recente das comunidades espiritanas em Portugal. Os dois membros da comunidade são os párocos das dez paróquias que compõem o concelho de Mértola, na diocese de Beja.

Escola Básica P. Andrade

Homenagem ao missionário espiritano na Escola Básica da Abóboda, agora baptizada como Escola Padre Andrade, que a marcou com a sua presença e testemunho durante mais de 40 anos.

Porta aberta à Missão

“No Seminário da Torre d'Aguilha foram ordenados várias dezenas de Missionários prontos para se fazerem ao longe e ao largo, particularmente para Angola e Cabo Verde”

Uma Missão muito plural…

Aberta em 1904, foi a única casa espiritana que resistiu aos furores da revolução republicana de 1910. Hoje é centro de animação e administração de vários setores da Província Portuguesa dos Espiritanos.

Missão na Beira Interior

Sentada na encosta norte da Serra da Gardunha, frente à Covilhã e à Serra da Estrela, a Comunidade Espiritana do Fundão é a mais oriental e a que fica a maior altitude dos Espiritanos em Portugal. Pertence ao distrito de Castelo Branco e à Diocese da Guarda. Dista de Lisboa 260...

Profissões e Jubileus

No dia 8 de Setembro, a Igreja celebra o aniversário de Maria, mãe de Jesus. Para os Missionários do Espírito Santo, é também um dia de festa e aniversário: é o dia tradicionalmente escolhido para a profissão religiosa dos espiritanos.

Em Ano de Vida Consagrada, a tradição não...

Espiritanos na 'Cidade Universitária'

Presentes em Coimbra desde 1943, os espiritanos dedicam-se hoje à Animação Missionária e diversas colaborações pastorais nas paróquias vizinhas

Missão no Alto Douro Vinhateiro

A presença espiritana em Godim, na Régua, desde a origem até aos desafios atuais.

Entre os pobres e a missão ad gentes

A presença dos Espiritanos no Porto começou com o trabalho junto dos mais pobres. Hoje forma jovens para continuar o anúncio da Boa Nova sobretudo junto dos grupos mais desfavorecidos.