Liturgia

  • QUINTA-FEIRA da semana III

    Roxo – Ofício da féria. Missa da féria, pf. da Quaresma. L 1 Jer 7, 23-28; Sal 94 (95), 1-2. 6-7. 8-9 Ev Lc 11, 14-23 * Pode [...]

Um presépio do avesso

Precisamos de reavivar em nós próprios o Presépio e o Natal, deixarmos de ser a Jerusalém às escuras, sonolenta, resignada e acomodada, sem resposta para as grandes questões dos nossos dias

O melhor presente

Para nós, cristãos, o maior e melhor presente, em todos os aspetos, é o “Menino que nos foi dado”

A anunciação a José

Num tempo em que exigimos explicações para tudo, em que se diviniza a liberdade individual, se contestam todas as imposições e só se obedece quando estamos de acordo, a atitude de obediência pronta de José apresenta-se como uma provocação a todos nós.

As verdadeiras credenciais

Onde estou eu, onde estamos nós, cristãos, face aos inúmeros e reais problemas das pessoas, particularmente dos pobres, dos sozinhos, dos marginalizados, dos emigrados? Onde estou eu, onde estamos nós, cristãos, face às iniciativas legislativas que se anunciam e que são...

Novo modelo de liderança

Os caminhos do Advento são, para todos nós, os caminhos de conversão apontados por João, o Batista. São eles que nos conduzem ao fundo do nosso coração, para o tornar capaz de acolher o Menino que nos foi dado.

Recomeço e começo

Desde o primeiro dia de Advento, nós vamos “preparando o Natal”, não ao som e ao ritmo da propaganda comercial, mas na companhia e sob a orientação de Isaías, de João Baptista, de José e de Maria, para chegarmos ao verdadeiro presépio, onde Cristo se deixa encontrar, pois Ele...

"Vosso é o reino..."

Festa de Cristo Rei. Não é fácil a ninguém reconhecer esta realeza de Cristo. No cenário do calvário, só um dos ladrões conseguiu intuí-la! E porquê? Porque não é ao nosso jeito, nem ao nosso gosto!

O dia D

"Diante da visão de uma justiça como mera observância da lei, que julga dividindo as pessoas em justos e pecadores, Jesus procura mostrar o grande dom da misericórdia que busca os pecadores para lhes oferecer o perdão e a salvação" - Papa Francisco

Fé de ressurreição

Reflexão para o 32º Domingo do Tempo Comum

A importância e a força de um olhar

Quantos zaqueus não se cruzam diariamente connosco, solicitando silenciosamente um olhar de compreensão e um gesto de atenção, para se desencadear neles um processo de conversão ou de reaproximação aos caminhos de Cristo e da sua Igreja!