Bolívia

Bolivia é um país que fica no centro da America Latina e está rodeada pelo Brasil, Paraguai, Argentina, Chile e Peru.  Tornou-se independente da Espanha no dia 6 de Agosto de 1825, graças ao esforço de muitos bolivianos, mas o grande herói da independência é Simon Bolívar, de onde vem o nome de Bolívia. Atualmente conta com 10 milhões de habitantes. Geograficamente o País é muito diversificado tem a região da Cordilheira dos Andes, o Altiplano, a Amazônia, a região Oriental e o Chaco, sendo assim um país com uma biodiversidade maior do mundo. A beleza é muito grande graças a esta diversidade e cada região tem a sua paisagem, cultura, música, comidas e tradições próprias.  É sem duvida um lindo país a conhecer e aprofundar o conhecimento das suas múltiplas culturas.

“Ama sua, ama llulla, ama quella” (não robarás, não mentirás e não sejas preguiçoso). É um código moral inca e que os povos do Planalto Boliviano têm bem presente e vivem até hoje. Recentemente A ONU estabeleceu este código moral como princípios morais fundamentais para uma ótima gestão publica eficiente e transparente. 

Espiritanos na Bolívia

Os Espiritanos chagaram à Bolívia em Fevereiro de 2003, fruto de um projeto conjunto da União de Circunscrições da América Latina (UCAL), para Celebrar os 300 anos da Congregação. Começámos com uma comunidade espiritana nas periferias da enorme cidade de Santa Cruz de La Sierra.

Passados 10 anos a missão foi-se consolidando, e daquela paróquia surgiu uma nova paróquia onde o Pe. Flavio Furtado é o Pároco. Com a chegada de mais jovens missionários à Bolívia, em 2014 assumimos um novo projeto missionaria na região mais rural da Arquidiocese de Santa Cruz. Assim, em Fevereiro de 2014, abriu uma nova comunidade espiritana em Buena Vista, onde o Pe. Marcio Asseiro é o pároco. É uma Paroquia relativamente grande, uma vez que conta com uns 13 mil habitantes, 8 mil na zona urbana da cidade e 5 mil nas 48 comunidades civis. 

60% do município de Buena Vista é um Parque Nacional, que se chama Amboró, com uma grande biodiversidade. A paróquia tem um desafio pastoral bastante diversificado. Se, por um lado, tem uma realidade semi-urbana, onde começam a surgir certos problemas sociais típicos das cidades como a toxicodependência ou a perda de valores tradicionais, por outro, existe a realidade bem simples das comunidades do interior da Paróquia com uma média de 50 famílias por comunidade. A maioria dessa gente simples vive da agricultura.

É uma paróquia bem antiga, fundada pelos jesuítas em 1694, como uma das várias reduções indígenas. Assim sendo, existem ainda muitas tradições no povo dessa época, como por exemplo a Semana Santa vivida e valorizada por todos, mesmo que muitos já não saibam o que isso significa. Por isso existe uma necessidade enorme de uma nova evangelização como nos dizia S. João Paulo II. Por isso, uma das nossas missões é ajudar o povo a redescobrir o verdadeiro sentido da Fé e da vida cristã. A Família é uma área que necessita urgentemente de ajuda. São necessárias famílias-modelo que possam dar testemunho de que vale a pena e faz sentido viver em família como Deus nos propõe. Os Jovens necessitam de esperança, que alguém os ajude a descobrir que existem valores pelos quais vale a pena lutar e construir um mundo melhor. Existem alguns que sentem esse fogo de Cristo em seu coração, mas a passividade da sociedade, onde o “sempre foi assim, ou todos fazem assim” reina e destrói toda a inciativa diferente. A falta de emprego afeta muito o jovem, que estuda e depois se vê obrigado a emigrar para a grande cidade ou para outro país, porque, onde vive, não tem meios para sustentar a sua família. Na paróquia existe um grande trabalho a fazer a nível da corresponsabilidade dos leigos. Por isso apostamos fortemente na formação e no despertar da consciência missionária do povo de Deus. Os desafios são muitos, mas os sonhos também e a vontade de crescer e trabalhar só aumenta. E uma certeza nos anima: esta missão não é só nossa, é de todos nós e o Espirito Santo é aquele que nos anima e nos impele a ir para a frente.

Passeio Solidário em favor da Missão na Bolívia

A LIAM de Vila Nova de Cerveira organizou um passeio solidário às Terras de Bouro, com tempos de convívio, oração e um sabor muito solidário.

“El Cristo” e Palmasola calaram-se... e Francisco falou!

Nos passados dias 8, 9 e 10 de Junho aconteceu a tão esperada visita do Santo Padre o Papa Francisco à Bolívia.