4. Vocação com missão

Um dia Jesus disse ao jovem rico: «Se queres ser perfeito vai vender tudo o que tens e dá o dinheiro aos pobres. Ficarás assim com um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me. Mas o jovem, ao ouvir isto, foi-se embora» (Mt 19, 16-22). Ao chamamento de Deus uns dizem sim, outros dizem não. A vocação é um tema que interessa! Todos têm vocação. 

Palavra de Deus

O Senhor viu que ele se adentrava para ver; e Deus chamou-o do meio da sarça: «Moisés! Moisés!» Ele disse: «Eis-me aqui!» (Ex 3, 4)

Vocação na Bíblia

Na Bíblia nunca aparece uma definição do que é vocação. Aparecem, contudo, vários textos que contam experiências vocacionais. Da leitura destes podemos constatar: 

  1. É Deus quem escolhe. Ao contrário de uma profissão, que nós escolhemos tendo em conta o gosto pessoal ou algum talento pessoal, na vocação é Deus quem nos escolhe. 
  2. A escolha é uma graça, um dom de Deus para o escolhido e para todo o povo. Esta experiencia de ser escolhido por Deus, torna-se patente, por exemplo, na experiencia de Jeremias: “Antes de te haver formado no ventre materno, Eu já te conhecia; antes que saísses do seio de tua mãe, Eu te consagrei” (Jer 1, 5).
  3. Esta experiencia é um mistério. A escolha de Deus recai, frequentemente, sobre os mais humildes e simples, sobre aqueles que aparentemente não tem qualidades. Frequentemente o sentimento, por parte dos escolhidos, é de estranheza: é a experiencia de Moisés, que é gago (Ex 4, 10); de Jeremias, que é um jovem (Jer 1, 6); de Maria, que é pobre e humilde (Lc 1, 48) e até de Paulo, perseguidor dos cristãos (Act 9, 1-2), entre outros.
  4. A escolha capacita para a missão. Essa escolha, porém, não significa que ele exige de nós algo que seremos incapazes de realizar. Não é apenas para esta ou aquela pessoa com mais qualidades ou que é melhor que as outras. 

Quando esta eleição de Deus se torna palavra, real, então acontece algo essencial numa vocação: o chamamento. Neste é também interessante constatar algumas características:

  1. Deus chama pelo nome. Foi o caso de Abraão (Gén 22, 1), Moisés (Ex 3, 4), Maria (Lc 1, 30).
  2. Em circunstâncias concretas. Este não nos separa do mundo em que vivemos, mas é justamente para o transformar. Assim se compreende o facto de o chamamento acontecer durante as atividades normais do dia-a-dia: Moisés a apascentar o rebanho do seu sogro (Ex, 3,1); Pedro e André, que estavam a lançar as redes (Mt 4, 18).
  3. Através de mediações. A vocação é descoberta através de: acontecimentos, pessoas. É o caso de Maria, que recebe o anjo Gabriel (Lc 1,26). Inclusive, alguns dos apóstolos fazem-se mediadores na vocação de outros: André em relação a Pedro (Jo 1, 41-42) e Filipe na de Natanael (Jo 1, 45).
  4. Mesmo com objeções. É típico naquele que não compreende o sentido do chamamento e não se sente capacitado. 
  5. A resposta deve ser dada por quem é chamado. Dizer “sim” ou “não”.

Pistas de reflexão

  • Todos temos uma vocação. O que devo fazer, que atitudes devo cultivar para descobrir a minha vocação?
  • Somos livres para aceitar ou rejeitar o chamamento de Deus. Quais são hoje as principais objeções que se dão a um convite de Deus?

 

 

 

Com Missão

Deus não chama por chamar, chama para algo. Em vários textos “vocacionais” a missão aparece de uma forma muito clara:

  1. A missão de Abraão é ser o Pai de uma grande nação: “farei de ti um grande povo” (Gén 12, 2).
  2. A de Moisés é libertar o povo escolhido da escravidão do Egipto: “Eu bem vi a opressão do meu povo… Eu te envio ao faraó, e faz sair do Egipto o meu povo, os filhos de Israel” (Ex 3, 7.10).
  3. Jeremias tem a missão de ser o profeta das nações: “Eu te consagrei e constituí profeta das nações” (Jer 1,5).
  4. Maria é chamada para ser a Mãe do Messias: “Hás-de conceber no teu seio e dar à luz um filho… vai chamar-se Filho do Altíssimo” (Lc 1, 31-32).
  5. Os Apóstolos, para ficar com Ele e continuar a sua missão: “Estabeleceu doze para estarem com Ele e para os enviar a pregar”  (Mc 3, 14).

Pistas de reflexão

  • Quais são as atividades missionárias que acontecem na minha paróquia? 
  • Se todos temos uma vocação, todos temos também uma missão. Qual é a minha missão na sociedade, na minha paróquia ou grupo?

 

 

 

Compromisso

Na Igreja há várias Congregações religiosas masculinas e principalmente femininas. Vê este filme para ajudar-te a compreender esta diversidade e riqueza:

ERROR: Content Element type "bootstrap_package_external_media" has no rendering definition!

No espaço da minha diocese quais são as diferentes congregações aí presentes? Qual a sua missão? Podes ir ao site da tua diocese, ao Anuário Católico (www.anuariocatolicoportugal.net) ou até ao site da CIRP - Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (www.cirp.pt) - para ajudar nessa pesquisa. Boa aventura!

P. Hugo Ventura