Quero que tu sejas!

Livro novo de Tomáš Halík

Este teólogo checo já nos tinha posto á disposição, em português, ‘Paciência com Deus’, ‘A noite do confessor’,’O nosso Deus é um Deus ferido’. Agora chega a tradução do ‘Quero que tu sejas! Podemos acreditar no Deus do Amor?’.

O P. Tolentino Mendonça, no Prefácio, explica que ‘a obra de Halik é uma procura, uma corajosa exposição de si, uma viagem no aberto, um manual de desassossego. Ele não escreve para contar aos outros o que sabe, mas o que busca’.

Halik tenta partilhar com os leitores uma reflexão sobre o amor: o amor a Deus e o amor aos inimigos. Ele está convencido de que Deus não se aproxima de nós como uma resposta, mas antes como uma pergunta. Tomás Halik não conhece melhor tradução para a frase ‘Deus existe’ do que a frase ‘o amor faz sentido’!

O autor recorda que os discípulos de Jesus reconheceram-nO pelo gesto do partir o pão, Maria pela sua voz e Tomé pelas suas feridas. Na fracção do pão, na voz e nas suas feridas encontram o seu amor – ou seja – a sua ‘prova de identidade’.

Halik explica a razão de ser do título: ‘há vários anos que me sinto fascinado com uma definição de amor que é atribuída a S. Agostinho: ‘Amo-te: quero que Tu sejas!’. Tentarei demonstrar que podemos aplicar essa ‘definição’ tanto ao amor por um ser humano como ao amor a Deus’.

Paulinas Editora

Últimas

Companheiros de viagem

A Eucaristia para nós, cristãos, não pode ser apenas o ‘lugar’ da ressurreição, mas também o impulso...

Eu, Daniel Blake

Mais uma edição da tertúlia "Um filme, uma provocação", promovida pelo CESM. A próxima edição é...

E cacareja a galinha

Se tanto nos damos com galinhas, entristece-me que ninguém as elogie. Não há uma fábula, um...

Retiro JSF em Fátima

100 anos depois, Fátima continua a ser lugar onde nos podemos aproximar de Deus. No início da Semana...