Peregrinos em Missão

Obrigada ó Pai por tantos homens e mulheres que hoje peregrinam em favor da missão. Obrigada também, por tantos que abraçam o Voluntariado e partem um ano em missão.

Meu Pai, obrigada pelo sonho desta noite. Um sonho a caminho, que me lançou na companhia de Maria. Ela corre sobre os montes ao encontro de Isabel. Peregrina e portadora de felizes notícias. Como a Amada do cântico dos cânticos, Maria é a Mulher alegre, a cheia de graça, a habitada pela força do Espirito Santo. Maria é Aquela Mulher que atrai para Jesus todos os peregrinos de hoje, de ontem e de amanhã. E eu? 

Eu, Pai fico acomodado no meu cantinho, participo numa peregrinação anual, escuto testemunhos de missionários, de jovens da minha idade que oferecem um tempo gratuito á missão, mas nada mais faço. Digo-me: espera a tua hora. Aguarda, pensa no estudo, nas férias, vive a tua liberdade.

Meu Pai isto me incomoda, me inquieta, me deixa confuso; o que queres de mim? Fala Senhor! Acorda-me preciso de Ti. Quantos dos meus amigos, vão mesmo caminhar até aos pés de Maria, rezando, refletindo, celebrando, vivendo em comunhão. E eu, eu fico parado, não, não pode ser. Quero arriscar, quero mudar. Vem ajudar-me. Meu Pai, como Maria e com Maria quero peregrinar, quero ser missionária/o, quero acolher o convite do Papa Francisco na sua mensagem para o dia mundial das missões: todos somos convidados a «sair», como discípulos missionários, pondo cada um a render os seus talentos, a sua criatividade, a sua sabedoria e experiência para levar a mensagem da ternura e compaixão de Deus à família humana inteira. Em virtude do mandato missionário, a Igreja tem a peito quantos não conhecem o Evangelho, pois deseja que todos sejam salvos e cheguem a experimentar o amor do Senhor. Ela «tem a missão de anunciar a misericórdia de Deus, coração pulsante do Evangelho» (Bula Misericordiae Vultus, 12), e anunciá-la em todos os cantos da terra, até alcançar toda a mulher, homem, idoso, jovem e criança.

Obrigada ó Pai por tantos homens e mulheres que hoje peregrinam em favor da missão. Obrigada também, por tantos que abraçam o Voluntariado e partem um ano em missão. Conta comigo, Pai. 

Faz-me um Contigo na força do Espírito Santo!

Últimas

A verdadeira visão

Aproveitemos este tempo da Quaresma para uma consulta – ainda por cima, gratuita! – no verdadeiro...

Obrigado, P. Henrique

Obrigado P. Henrique pela força e coragem do seu testemunho, pela pobreza com que viveu e pela fé...