Jubileu dos jovens, em Fátima

‘Segredo da Paz, Caminho do Coração’ foi o tema que acompanhou o jubileu dos jovens, realizado nos dias 9 e 10 de Setembro. Os Jovens Sem Fronteiras estiveram lá e contam como foi.

‘Segredo da Paz, Caminho do Coração’ foi o tema que acompanhou o jubileu dos jovens, realizado nos dias 9 e 10 de Setembro. Com o intuito de descobrir a mensagem de Fátima, fomos encorajados a receber a “paz como um dom que vem de Deus”, a “descobrir o segredo de uma vida plena” e a caminharmos em direcção ao Coração Imaculado de Maria.

Foram 24 horas repletas de momentos de partilha, conhecimento, diversão, encontro, mas sobretudo de silêncio, onde fomos desafiados a ouvir a voz de Deus e a encontrar o nosso próprio caminho jubilar.

No acolhimento inicial foi lançada uma pergunta: Tal como os três pastorinhos que confiaram completamente a Nossa Senhora, “também tu queres oferecer-te a Deus?” Uma pergunta que provocou silêncio na sala, por um segundo todos nós encaramos esta provocação como um sinal de levarmos o jubileu a sério e de maneira a descobrirmo-nos a nós mesmos.

Ao longo da tarde, em grupo ou individualmente tivemos ao nosso dispor vários workshops que nos ajudaram a ‘preparar a paz’ (Celebração Penitencial e Reconciliação, Adoração Eucarística, Casa das Candeias, Exposição temporária, Percurso dos Murais, Oração do Rosário, Visita ao Carmelo, Rezar com Francisco e Jacinta, O Anjo e as casas dos Pastorinho e À música com…).

Oficialmente, o JubJovem começou com a passagem do Pórtico Jubilar, sendo que o ponto de partida foi na Cruz Alta, onde Jesus olha para o recinto do santuário como se protegesse todos aqueles que por lá passam. Assim, também nós começamos no ponto alto para nos encontrarmos com esse olhar de protecção.

Antes de iniciarmos a segunda parte do jubileu, tivemos oportunidade de ouvir a Irmã Ângela falar sobre o ‘coração da paz’ e como podemos encontrar esta paz plena. Ao longo do seu discurso, a Irmã Ângela deu vários exemplos de paz, mas que não é a verdadeira, até que menciona a palavra “shalom”, uma palavra que significa paz, mas que tem um significado mais profundo que encaminha para esta paz plena que procuramos. Shalom é “o completo bem-estar connosco próprio, com o outro e com Deus.

A ‘Directa Pacis’ começou com o rosário e procissão das velas e seguiu-se com o festival ‘Para alcançar a paz’, onde Miguel Araújo e António Zambujo quiseram, não apenas tocar as suas músicas, mas que “nós cantássemos e tocássemos com eles”. Um concerto intimista que serviu para dar de início ao caminho do silêncio que se desenrolou pela madrugada. Desta forma, percorremos o caminho dos Pastorinhos e em silêncio profundo, rezámos com Jesus, para encontrarmos a paz que está dentro de cada um de nós.

Quase ao nascer do dia, ‘vivemos a paz’ na Basílica da Santíssima Trindade, através da Escuta do Evangelho e da Adoração ao Santíssimo Sacramento. Esta directa em silêncio terminou com os jovens sentados no recinto do santuário a ver o sol a iluminar o topo da Cruz Alta, revelando a importância de reconhecermos em Jesus a luz que ilumina o nosso caminho de vida cristão.

Este jubileu não podia terminar sem vivermos a Eucaristia, neste caso, a presidi-la esteve D. António Marto, Bispo da Diocese Leiria-Fátima que nos deixou um grande desafio: de sermos ‘sentinelas da paz’. Partimos deste jubileu, comprometidos na nossa fé, de dizermos bem alto que cremos em Deus Pai e em Jesus Cristo, de mostramos ao mundo que somos defensores da paz e que nos queremos oferecer a Deus pelos outros.

Últimas

O pão da esperança

29º Domingo do Tempo Comum. O Dia Mundial das Missões que hoje celebramos é ocasião propícia para...

Nossa Senhora do Caminho

Foi pelas pantufas da Irmã Lúcia que cheguei às chuteiras do Nuno Gomes. Mas o que é que uma coisa...

Educar na fé

20. A história do Beato Daniel Brottier, contada pelo P. Agostinho Tavares.

O banquete

O nosso jeito de celebrar os acontecimentos mais importantes da nossa vida pessoal, familiar e...

Outubro missionário

A mensagem do Santo Padre para o Dia Mundial das Missões tem como tema “A Missão no coração da fé...

Com Maria, Missão de Paz

Este Guião Missionário vai pôr o nosso coração a bater ao ritmo do coração da Deus e da Igreja que o...