Jovens Sem Fronteiras com o Papa Francisco

Nos dias 12 e 13 de maio, os Jovens Sem Fronteiras fizeram parte dos milhares de peregrinos que rumaram até Fátima para estar e viver as celebrações do centenário das Aparições de Nossa Senhora.

Nos dias 12 e 13 de maio, os Jovens Sem Fronteiras fizeram parte dos milhares de peregrinos que rumaram até Fátima para estar e viver as celebrações do centenário das Aparições de Nossa Senhora.

Foram inúmeros os Jovens Sem Fronteiras que estiveram presentes nesta peregrinação, uns com o próprio movimento, outros com diferentes movimentos, paróquias ou grupos da família espiritana.

Participar nesta peregrinação fez todo o sentido para nós, estar em comunhão com o Papa Francisco, rezar com ele e com todas aquelas pessoas só intensificou ainda mais a nossa chama cristã.

Foram dois dias intensos, com um turbilhão de sentimentos à mistura. São os vários momentos que guardamos na nossa memória, como o sorriso humilde do Papa Francisco, o seu olhar misericordioso e de compaixão, a onda de alegria e de fé que encheu o recinto do santuário.

Tal como milhares de jovens, passamos a noite no recinto tornando-se um dos momentos em que a união e o espírito de família esteve presente. O recinto do Santuário tornou-se num manto colorido, um manto de sonhos…

Trouxemos para casa toda uma bagagem cheia de esperança e paz, fazendo questão de seguir o pedido do Papa Francisco, em sermos “sentinelas da madrugada que sabem contemplar o verdadeiro rosto de Jesus".

Últimas

III Missão Faz-te Bem

Jovens Sem Fronteiras de Godim realizaram festa de angariação de fundos para o Projeto Ponte, a...

Missão.Come’17

Em dia de Portugal, os JSF de Lordelo (Paredes) decidiram trazer um pouco de África à cidade, em...

JSF unidos com Maria

Os Jovens Sem Fronteiras da Foz do Sousa acolheram a região Douro para uma tarde de atividades,...

Uma vontade cega

Uma comédia dramática, com realização de Marc Rothemund e argumento de Oliver Ziegenbalg.

Em paz e em missão

O grande problema da Igreja hoje é que vivemos um cristianismo sonolento, acomodado e instalado que...