Ir. Ana Cândida

Espiritana há 50 anos. A Missão Espiritana no feminino. Vinde e vede!

Ir. Ana Cândida em Santa Catarina, Cabo Verde.

A Irmã Ana Cândida, Irmã Missionária do Espirito Santo, celebra este ano 50 anos de Profissão Religiosa. Uma missionária de Deus. Quem não conhece a Irmã Ana Cândida, toda voltada para o Senhor Jesus e toda atenta aos jovens falado-lhe de Jesus?

Desde cedo sentiu o apelo do Senhor. E ao ter conhecimento pelo jornal das missões da Congregação o seu coração exultou de alegria. Teve algumas dificuldades para realizar o seu sonho de ser missionária, mas com muita oração, reflexão e ajuda do seu pároco a Irmã Ana Cândida tudo superou. Entrou no Instituto das Irmãs Missionárias do Espirito Santo, com muita fé e confiança fez a sua caminhada de formação com alguns altos e baixos, mas a sua grande paixão por Jesus fez da Irmã Ana Cândida uma grande missionária sempre disponível e muito atenta aos jovens. A sua alegria, paixão, confiança e muita oração fizeram e ainda fazem da Irma Ana Cândida uma missionária apaixonada pela missão, e amor a congregação. Por isso, diz muitas vezes, a obra é de Deus, Ele tudo pode e sabe o que nos faz falta. Sejamos fiéis e mulheres de Deus.

Senhor, neste ano das bodas de Ouro, da Irmã Ana Cândida queremos dar graças pela sua disponibilidade, amabilidade, seu jeito de servir em cada dia sem escolher, mas com alegria e responsabilidade tudo levar em frente com amor e dedicação. Graças pelos anos que trabalhou na saúde em Portugal e em Cabo Verde, graças pelos anos dedicados á formação. 

Graças por tudo. Toda a missão e serviço na pastoral sem escolher, mas atenta a cada agora sabe dar resposta. Por toda a sua exigência de uma vida de comunidade comprometida na missão no trabalho e na oração. É um dom  encontrar uma missionária a servir o Senhor nos mais fragilizados com todo o empenho e toda a dedicação e gratuidade. 

Aceita o Pai o nosso louvor e gratidão por toda a vida da Irmã Ana Cândida gasta no Teu serviço escuta a sua prece e dá-nos as vocações que precisamos para continuarmos a obra que a Irmã Eugenie iniciou. 

Acreditamos que cada Carisma vem de Deus, que é algo de muito Divino e que juntas numa comunhão profunda o podemos deixar transbordar para os outros.

Últimas

Eu, Daniel Blake

Mais uma edição da tertúlia "Um filme, uma provocação", promovida pelo CESM. A próxima edição é...

E cacareja a galinha

Se tanto nos damos com galinhas, entristece-me que ninguém as elogie. Não há uma fábula, um...

Retiro JSF em Fátima

100 anos depois, Fátima continua a ser lugar onde nos podemos aproximar de Deus. No início da Semana...