Fátima Sou peregrino

O P. António Rego, referência de jornalista, no centenário das aparições, foi desafiado a escrever algo, não como jornalista mas como peregrino.

 

De António Rego

O P. António Rego é uma referência de jornalista. Trabalhou em imprensa, rádio e televisão. Realizou centenas de programas com temáticas religiosas e sociais. Os últimos tempos foram dedicados à TVI, assegurando o programa ‘Oitavo Dia’ e a transmissão da Eucaristia Dominical.

Neste Centenário das Aparições de Fátima, foi desafiado a escrever algo, não como jornalista mas como peregrino. Trata-se de um percurso espiritual que ele fez e que partilha com os leitores/peregrinos.

Ao longo destas quase 200 páginas fala dos espaços simbólicos do Santuário, dos grandes momentos celebrativos, das pessoas que lá vão por muitas razões. E traz muitas orações que nos ligam a Fátima.

Para fins mais pastorais e celebrativos, o P. António Rego deixa-nos reflexões de uma Via Sacra ajustada aos tempos que correm, falando de um caminho de cruz palmilhado por milhões e milhões de pessoas hoje, por esse mundo além.

Tudo termina com a ‘prece final’ onde afirma que o fim de cada peregrinação marca o início de uma outra. Diz: ‘a marca profunda que nos chegou à alma não se apaga. É o que sustenta a nossa esperança e nos reconforta nos novos desafios da fé e da vida. Vamos a isso. Cristo e a Virgem também estão no lado de lá no que agora nos parece o mundo. ‘Vasto mundo, nosso mundo’ é uma caixa de surpresas admirável e, em muitos lugares, podemos repetir a experiência da comunidade, da oração, da beleza e da alegria noutros tons. É o nosso lugar de combate. Não há tempo a perder. Há tempo a viver. Por isso, a ‘prece final’, que cantamos no Adeus à Virgem, não perde o seu eco. Vai acompanhar os novos recantos que nos esperam’.

Paulinas Editora

Últimas

III Missão Faz-te Bem

Jovens Sem Fronteiras de Godim realizaram festa de angariação de fundos para o Projeto Ponte, a...

Missão.Come’17

Em dia de Portugal, os JSF de Lordelo (Paredes) decidiram trazer um pouco de África à cidade, em...

JSF unidos com Maria

Os Jovens Sem Fronteiras da Foz do Sousa acolheram a região Douro para uma tarde de atividades,...

Uma vontade cega

Uma comédia dramática, com realização de Marc Rothemund e argumento de Oliver Ziegenbalg.

Em paz e em missão

O grande problema da Igreja hoje é que vivemos um cristianismo sonolento, acomodado e instalado que...