Deus ou nada

O Cardeal Robert Sarah Considera que o homem só é grande quando age segundo a vontade de Deus. Não O podemos abandonar para dar lugar a nadas!

O Cardeal Sarah, da Guiné Conacri, foi formado pelos Espiritanos, por quem tem uma enorme gratidão que expressa em tudo o que escreve. Está preocupado com o afastamento progressivo de Deus que nota em boa parte dos ocidentais. Veio a Portugal lançar a obra que resulta de uma entrevista concedida a Nicolas Diat.

Na conferência proferida na Universidade Católica, em Lisboa, apelou aos valores cristãos de sempre, falou da crise de Deus (o seu eclipse) nas vidas da maioria dos cidadãos deste mundo materialista e consumista. Considera que o homem só é grande quando age segundo a vontade de Deus. Não O podemos abandonar para dar lugar a nadas!

Um dos grandes alertas que o Cardeal Sarah lança é o de olharmos para certos países que estão a perseguir, maltratar e até matar cristãos, sem que ninguém levante a voz e intervenha. Conclui que, se a humanidade não melhorar a relação com Deus, só pode esperar violência e barbárie.

Estas e outras ideias preenchem este livro, agora editado em português.

Ed. Lucerna / Fundação A Junção do Bem

Últimas

III Missão Faz-te Bem

Jovens Sem Fronteiras de Godim realizaram festa de angariação de fundos para o Projeto Ponte, a...

Missão.Come’17

Em dia de Portugal, os JSF de Lordelo (Paredes) decidiram trazer um pouco de África à cidade, em...

JSF unidos com Maria

Os Jovens Sem Fronteiras da Foz do Sousa acolheram a região Douro para uma tarde de atividades,...

Uma vontade cega

Uma comédia dramática, com realização de Marc Rothemund e argumento de Oliver Ziegenbalg.

Em paz e em missão

O grande problema da Igreja hoje é que vivemos um cristianismo sonolento, acomodado e instalado que...