Deus ou nada

O Cardeal Robert Sarah Considera que o homem só é grande quando age segundo a vontade de Deus. Não O podemos abandonar para dar lugar a nadas!

O Cardeal Sarah, da Guiné Conacri, foi formado pelos Espiritanos, por quem tem uma enorme gratidão que expressa em tudo o que escreve. Está preocupado com o afastamento progressivo de Deus que nota em boa parte dos ocidentais. Veio a Portugal lançar a obra que resulta de uma entrevista concedida a Nicolas Diat.

Na conferência proferida na Universidade Católica, em Lisboa, apelou aos valores cristãos de sempre, falou da crise de Deus (o seu eclipse) nas vidas da maioria dos cidadãos deste mundo materialista e consumista. Considera que o homem só é grande quando age segundo a vontade de Deus. Não O podemos abandonar para dar lugar a nadas!

Um dos grandes alertas que o Cardeal Sarah lança é o de olharmos para certos países que estão a perseguir, maltratar e até matar cristãos, sem que ninguém levante a voz e intervenha. Conclui que, se a humanidade não melhorar a relação com Deus, só pode esperar violência e barbárie.

Estas e outras ideias preenchem este livro, agora editado em português.

Ed. Lucerna / Fundação A Junção do Bem

Últimas

Missão em Agosto

P. Miguel Ribeiro e Inês Prata falam à Agência Ecclesia sobre as atividades de verão dos Jovens Sem...

Católicos, mesmo?

A verdadeira ‘aldeia global’ é-nos proposta por Deus sob a forma de “casa de oração”, pois é pela...

Férias culturais

No período de férias proponho um passeio cultural com a família à Villa Romana de Pisões, situada na...

Deus desconcertante

19º Domingo do Tempo Comum. É importante que, num tempo em que somos constantemente bombardeados por...

É proibido reclamar

Este foi um dos últimos pedidos do Papa Francisco quando iniciou as suas férias de verão.

Bem-vindos ao Planalto

Ouvi estas palavras há precisamente 20 anos. O planalto é o angolano. Zona fértil, que se eleva a...