A LIAM na génese do MOMIP

O Movimento Missionário de Professores manifesta o seu profundo carinho, respeito e união à Liga Intensificador de Ação Missionária, onde se gerou com a inspiração do Espírito Santo através do Padre José Felício

A Família Espiritana tem este ano razões especiais para festejar e louvar a Deus. Por um lado, os 150 anos da presença dos Missionários em Portugal e por outro, os 80 da LIAM. 

O MOMIP regozija-se com toda a Família nestes momentos tão significativos que nos ajudam a olhar para trás e com maior solidez continuar a caminhar.

E hoje vamos recordar particularmente o papel da LIAM na génese do MOMIP. O Movimento Missionário de Professores, vulgo MOMIP, não teve este nome desde que nasceu; começou também com o Pe. Felício e segundo ele, que passo a citar, “Os Encontros Missionários da LIAM surgiram como imperativo da consciência de quem visitava os núcleos liamistas das Escolas do Magistério Primário e contactava com tantos professores isolados e sem calor social de tantos que deles recebiam os benefícios. Em 1962, após a reunião do núcleo da LIAM da Escola do Magistério Primário de Coimbra, em conversa amiga com alguns professores e alunos, tudo veio à baila. Como ajudar a valorizar as férias? Dar-lhes dimensão recreativa, sim, mas também missionária? Humana? Pedagógica? Etc. Porque não nos encontramos durante uns dias nesse sentido? Todos vibraram com a ideia: nasciam os Encontros Liamistas.” (Jornal Acção Missionária, agosto-setembro de 1981). 

Podemos ler no quarto ponto do Artigo 1º dos Estatutos do MOMIP: “Nascido em 1962, a partir dos Encontros Nacionais de Professores e Alunos Mestres, integrados na LIAM, tornado Movimento em 1998, está associado aos Missionários do Espírito Santo, dentro do quadro da sua animação missionária.” 

Apesar de emancipado e de ir fazendo o seu próprio caminho, o Movimento Missionário de Professores manifesta o seu profundo carinho, respeito e união à Liga Intensificador de Ação Missionária, onde se gerou com a inspiração do Espírito Santo através do Padre José Felício.

Parabéns LIAM!

Últimas

Católicos, mesmo?

A verdadeira ‘aldeia global’ é-nos proposta por Deus sob a forma de “casa de oração”, pois é pela...

Férias culturais

No período de férias proponho um passeio cultural com a família à Villa Romana de Pisões, situada na...

Deus desconcertante

19º Domingo do Tempo Comum. É importante que, num tempo em que somos constantemente bombardeados por...

É proibido reclamar

Este foi um dos últimos pedidos do Papa Francisco quando iniciou as suas férias de verão.

Bem-vindos ao Planalto

Ouvi estas palavras há precisamente 20 anos. O planalto é o angolano. Zona fértil, que se eleva a...