A esperança tem rosto I

Tony Cá é guineense. Procurou apoio no CEPAC e hoje tem a sua situação regularizada e emprego.

O CEPAC (Centro Padre Alves Correia) é uma instituição de solidariedade social (IPSS), em Lisboa, através da qual, desde 1992, os missionários do Espírito Santo prestam apoio a imigrantes e refugiados na integração sócio profissional, formação e legalização. Este mês, quisemos escutar os testemunhos de alguns daqueles que encontraram no CEPAC razões de esperança.

Tony Cai Cá, junto ao busto do Padre Alves Correia

Sou guineense. Nasci na Região de Biombo no dia 04 de fevereiro de 1983 e aí completei o 6º ano de escolaridade, na Escola 17 de Fevereiro. Vim para Portugal no dia 17 de outubro de 2011.  Antes de vir para Portugal tinha muitas atividades. Trabalhava em compra e revenda de produtos. Entre 2009 e 2010 trabalhei como pedreiro no Voluntariado Italiano para a construção da missão das Irmãs da Paróquia de Santo Benedito Africano, em Biombo. Era também catequista. Entretanto tive um acidente rodoviário do qual me ficou um problema na perna e na coluna. Vim para Portugal para tratamento. 

Ouvi falar do CEPAC e tenho sido apoiado por esta instituição desde março de 2011. Tenho recebido vários tipos de apoio: apoio jurídico, alimentos, roupa, medicamentos, consulta médica e ajuda na procura de emprego. Através do acompanhamento jurídico do CEPAC, que teve início em 2014, consegui no dia 07 de abril 2015 a Autorização de Residência em Portugal. 

Entre maio e agosto de 2013, fiz no CEPAC uma formação em competências pessoais e sociais. De 11 de junho a 12 de julho de 2013 fiz um estágio como ajudante de cozinha. 

Para mim o CEPAC é um centro muito especial. As pessoas trabalham com toda a vontade e empenho. Tenho agora toda a minha situação regularizada e estou a trabalhar. 

O CEPAC é tudo para mim e agradeço toda a ajuda que me deu. Consegui trabalho com a ajuda da D. Odete, do departamento de Costura. Agradeço muito a esta senhora. Desejo que as pessoas que ainda não estão regularizadas venham ao CEPAC pois através do seu acompanhamento jurídico pode conseguir-se a regularização. 

Últimas

Novena do Pentecostes

Com o tema "O Espírito Santo Presente e Ativo nas Famílias", os espiritanos no Vietname prepararam...

Fátima, o silêncio

E um indizível silêncio abateu-se sobre o recinto, ocupou todo o espaço, preencheu cada alma. E...

Peregrino da paz

O Papa Francisco visitou Fátima como peregrino da esperança e da paz. O que ele disse vai continuar...